amaia

Amaia Iglesias

Relações com entidades públicas e privadas



Basca de nascimento e nómada por natureza, deixei-me seduzir pelo encanto de Lisboa e o povo português há 15 anos. Desde miúda que a minha curiosidade sempre me levou a querer saber mais sobre a História e, sobretudo, sobre as estórias das personagens que a habitavam. Depois do curso de Direito e de várias profissões em diversos países, o mundo editorial e, mais uma vez, as histórias vieram ao meu encontro em Portugal.

Acredito que o que temos de mais querido é a memória e, aliando isso à minha paixão pelas histórias de vida, fiquei rendida à possibilidade de fazer parte de um projecto tão significativo e delicado como o é o Arquivo dos Diários, a casa das memórias dos portugueses.